Home → Edição nº 150

INFORM@TIVO

 

ESPECIAL

 

Projeto Glosa Zero: Treinamento da Amil na AHESP

Foi com o auditório cheio que a Associação dos Hospitais do Estado de São Paulo recebeu a equipe da Amil, na última terça-feira, dia 19, para dar um treinamento e prestar orientações ao credenciado hospitalar. Cerca de 60 representantes de estabelecimentos associados e não associados tiveram a oportunidade de conhecer de forma mais detalhada os processos da operadora, que passaram e ainda passam por mudanças e, mais do que isso, fazer seus questionamentos e sanar dúvidas.

De acordo com o assessor de Convênios da AHESP, Dr. Walter Valle, o evento foi programado pelas partes, após reuniões em que a entidade levou as queixas recorrentes dos hospitais quanto às glosas praticadas pela Amil, que há meses estavam sem respostas e ouviu a alegação de que muitas eram decorrentes de erros dos credenciados no envio dos arquivos.

Embora tenhamos mostrado, em várias oportunidades, que muitas das glosas não são decorrentes de problemas de sistema, achamos que um treinamento seria proveitoso para melhorar o relacionamento com os hospitais. No entanto, nos próximos meses, queremos retomar a questão para ver como as coisas estão caminhando, uma vez que a Amil se colocou à disposição para atingir o que estão chamando de Projeto Glosa Zero”, informou o Dr. Walter.

Para apresentar o Projeto Glosa Zero Nacional e passar orientações de seus processos operacionais, a Amil esteve representada por uma equipe com 12 pessoas. Entre elas, as diretoras médicas de Gestão de Rede Nacional, Dra. Cristina Mendes, e de São Paulo, Dra. Regina Duarte, além da Gerente Nacional, Vera Vianna, da Gerente do Projeto, Maria Melo, e dos profissionais da área de processamento, a enfermeira Cristiane Griffo e o médico Dr. Vinícius Isaac Pires, que conduziram a maior parte da explanação técnica.

Ao abrir o encontro, depois de agradecer a AHESP por oportunidade considerada muito importante, a Dra. Cristina Mendes se mostrou ciente da existência de problemas de ambos os lados, informou que a operadora passou por muitas mudanças internas e externas que geraram muitos conflitos com a rede e apresentou a nova composição das diretorias. Segundo ela, no passado, a DIMED era a única diretoria de acesso dos prestadores e, hoje, devido ao crescimento da Amil e às necessidades de melhorar os processos, foi divida em três: DIGS – Diretoria de Gestão de Saúde (cuida do beneficiário, prorrogações, autorizações); DIGREM – Diretoria de Gestão da Rede Médica (relacionamento, credenciamento, negociação) e DIOBEN – Diretoria Operacional (cuida do processo de contas médicas e cadastro).

Não queremos ter de forma alguma glosa com o prestador, isso traz conflitos, isso traz perdas pra todos e, então, o que a gente quer é ter uma conta médica transparente e com muita acurácia em todo processo, para que não tenha conflito e que ninguém tenha perdas. Nós não temos que gastar nossa energia, como tem ocorrido, discutindo o que foi glosado e o que não foi glosado. Temos que gastar nossa energia para tomar conta dos nossos clientes, dos nossos pacientes, que é nosso maior objetivo. Para isso, queremos transparência nas nossas relações e estamos aqui exatamente para isso, trazendo nossos processos e explicando para vocês como a gente trabalha. Tivemos muita dificuldade aí no passado e estamos trabalhando bastante, nos esforçando muito, para poder ter um processo muito mais linear”, afirmou a Dra. Cristina.

Clique aqui e confira a íntegra dos depoimentos do Dr. Walter (AHESP) e da Dra. Cristina (Amil) sobre os objetivos do treinamento.

Para abrir efetivamente o treinamento, foi chamada a gerente do Projeto Glosa Zero, Maria Melo, que dividiu as apresentações com os profissionais da área de processamento de contas da DIOBEN, Cristiane e Vinícius. Durante todo tempo, no entanto, os participantes puderam interagir, manifestando suas dúvidas e fazendo perguntas específicas, que eram respondidas pelos profissionais dos respectivos setores da Amil.

No intervalo do café e no término do evento, o Informativo AHESP entrevistou alguns participantes, cujas avaliações podem ser conferidas em matéria nesta edição. A Dra. Regina, diretora médica da Gestão de Rede de São Paulo, também fez sua avaliação ao final, reiterando que foi um treinamento global, inicial, mas que a Amil se coloca à disposição para treinamentos específicos e individualizados, que podem ser por web ou presencial. “Esperamos que, daqui para frente, possamos ter um contato prestador a prestador, resolvendo problema a problema”, complementou.

Confira a íntegra da avaliação da Dra. Regina, clicando aqui.

A Amil informa que o canal de atendimento aos credenciados é o

NACC – Núcleo de Atendimento ao Cliente Cadastrado – (11) 3004.1050

nac@amil.com.br

 


Ed. Anteriores