Home → Edição nº 162

INFORM@TIVO

 

EM PAUTA

NotreDame Intermédica compra hospital no ABC, mas está em busca de capital.

Comprada há três anos pelo fundo americano Bain Capital por R$ 2 bilhões, a operadora de planos de saúde tem marcado presença no noticiário não só pelas aquisições, mas também pela possibilidade de abertura de capital.

Após boatos de que estava comprando a Green Line e a Unimed Guarulhos, o que veio a público foi a compra do Hospital São Bernardo, no ABC paulista e, ainda, a possibilidade de vender pelo menos uma parte do negócio.

Aquisições

Embora o valor da transação com o Hospital São Bernardo não tenha sido revelado, o que se sabe é que, além do hospital, o grupo tem uma unidade de atendimento pediátrico e um centro médico na região e que essa foi mais uma aquisição da Intermédica por lá.

Inicialmente, comprou o Grupo Santamália Saúde (hospitais Bosque da Saúde e Montemagno + 17 Centros Clínicos + 5 unidades de Pronto Atendimento + Operadora) e depois, em setembro, adquiriu os ativos da Unimed ABC (70 mil usuários + hospital com 110 leitos + 5 Centros Clínicos + 2 Pronto Atendimento).

No mês passado, foi a vez de entrar também no mercado do Rio de Janeiro, com a aquisição do Hospital Samci.

O movimento de aquisições e investimento em rede própria de atendimento tem se mostrado bastante eficiente e é fundamental para continuarmos oferecendo planos de saúde de qualidade a um preço justo”, afirmou Irlau Machado, presidente da NotreDame Intermédica, ao jornal Valor.

Abertura de Capital

Com o objetivo de divulgar sua oferta inicial de ações, representantes da Intermédica estão divulgando a empresa e seus produtos em Nova York e, segundo apurou o jornal, investidores estratégicos mostraram-se interessados na compra do negócio – caso das seguradoras Axa e Aetna –, o que fez o Bain Capital abrir a possibilidade de vender pelo menos uma parte da empresa.

Nas negociações, o fundo americano avaliou a NotreDame Intermédica em US$ 4 bilhões, preço considerado muito elevado pelo mercado, mesmo avaliando que a operadora passou por profunda transformação e ganhou valor.

No acumulado dos nove meses de 2016, a receita da operadora foi de R$ 2,7 bilhões e, atualmente, o Grupo NotreDame Intermédica é formado por 14 hospitais e 17 prontos-socorros, 70 centros clínicos e dez unidades de medicina preventiva.

Com informações do jornal Valor


Ed. Anteriores