AtualAnteriores → Edição nº 126

INFORM@TIVO

 

FÓRUM HEALTHCARE BUSINESS

Presidente da AHESP está entre speakers da 3ª edição, que acontece em outubro.

De 7 a 9 de outubro, o Sofitel Jequitimar Guarujá será palco do 3º Fórum Healthcare Business, apresentando em profundidade conteúdo trazido por estudiosos, profissionais ligados às principais empresas do país, referências internacionais, academia brasileira e por outras vozes de impacto no mercado.

Como evento de destaque no cenário da gestão de alta performance na Saúde do Brasil, sua programação reunirá respeitados especialistas, que analisarão estratégias e tendências ligadas aos negócios e à economia do país. Entre eles, o Dr. Eduardo de Oliveira, presidente da AHESP, vice-presidente da FBH e conselheiro do Hospital Ana Costa, que participará da mesa redonda “O compliance e seu impacto financeiro na gestão” programada para dia 8, das 11 às 12h30.

Segundo os organizadores, como nos anos anteriores, o Fórum term o intuito de discutir e analisar temas que explorem resultados alcançados através da performance dos hospitais por meio de seu trabalho competitivo e inovador. Serão analisados modelos de gestão que despontam nos principais polos de inovação do mundo, com foco na sustentabilidade do negócio diante do atual cenário da economia mundial. “Os debates e mesas redondas abordarão acerca da Liderança Responsável e a Excelência como Resultado e, para tanto, contarão com temas como capacitação, governança, benchmark, ética e tecnologias que auxiliam na gestão”, informam.

Outros speakers já confirmados: Leandro Karnal, Luís Márcio Araújo Ramos, Felipe Kietzmann, José Roberto Ferro, Marcelo Lapolla, Matheus Sabbag Leonel, Claudia Scarpim, Adriano Flavio de Lima, Sandra Franco e David Oliveira.

Os participantes serão recebidos em jantar seguido de show, no dia 7 e, no dia 8, as palestras e mesas redondas acontecerão das 9 às 18 horas. À noite, a partir das 22h30, será realizada a cerimônia de premiação do “Excelência em Saúde 2016”, seguida de happy hour.

Para informações e inscrições, clique aqui.


FBH

Paraná sediou 11ª Convenção Brasileira de Hospitais, na última semana.

Líderes da Saúde de todo país estiveram reunidos no último dia 21, em Curitiba, na solenidade de abertura do 6º Encontro Paranaense da Saúde e 11ª Convenção brasileira de Hospitais, cujo tema foi “Aprendendo com a Crise”.

O comentarista econômico Carlos Sardenberg proferiu a palestra magna e a cerimônia contou também com os pronunciamentos dos presidentes da FBH, Luiz Aramicy Pinto; da Associação dos Hospitais do Paraná, Benno Kreisel; da Confederação Nacional da Saúde, Tércio Egon Kasten; da Federação dos Hospitais do Paraná, Renato Merolli e do Conselho de Medicina do Paraná, Luiz Ernesto Pujol.

O evento contou com mais de 600 inscritos, entre gestores, administradores, advogados, profissionais de saúde e estudantes, que assistiram debates sobre Crise e Perspectivas da Saúde Privada no País, Cenários Possíveis do Curto Prazo e Estratégias para Enfrentá-los, Ética, Judicialização da Saúde e Legislação Brasileira, entre outros.

No segundo dia, estiveram entre os palestrantes, Jorge Moll Filho (fundador da Rede D´Or), Gonzalo Vecina Neto (do Conselho Nacional de Gestão em Saúde), Denise Eloi (diretora do Instituto Coalisão Saúde) e Celso Grecco (consultor).

Sobre a importância do evento, o presidente da FBH, Dr. Luiz Aramicy, disse que o debate é fundamental para estabelecer as políticas e diretrizes que apontam para os novos rumos que o momento atual impõe e despertam a necessidade da atuação em conjunto de todas as entidades, instituições e hospitais para a tomada de decisões tão aguardadas pelo setor, para reestruturar as políticas e o modelo que sustenta o sistema de saúde no país.

Benno Kreisel, presidente da AHOPAR e coordenador do evento, assinalou que o cenário atual é um dos mais difíceis para o setor de saúde, tanto para o público como para o suplementar. Segundo ele, no último ano, a cada dois dias, um hospital ou estabelecimento de saúde fechava suas portas no Brasil, comprometendo seriamente a assistência da população.

O terceiro e último dia foi em grande estilo. O escritor e consultor Mário Persona iniciou as palestras e abordou sobre o clima organizacional nas empresas e ressaltou, dentro da perspectiva histórica, as grandes oportunidades de desenvolvimento e aperfeiçoamento dentro de uma organização, em tempos de crise.

O maestro Alessandro Sangiorgi, regente de algumas das mais importantes orquestras do mundo, trouxe o tema: “Desperte o Maestro em você” e traçou um paralelo sobre gestão e liderança dentro de um ambiente hospitalar, com seu trabalho em coordenar técnicas e talentos como regente de uma Orquestra.

O encerramento das palestras do evento teve como foco o debate jurídico, que contou com a participação do doutor em direito do trabalho Gilberto Sturner e do juiz de direito Vitor Lima.

Fonte: FBH e AHOPAR


É NOTÍCIA

Governo reajusta salários do Mais Médicos

Portaria do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação publicada no último dia 26 de setembro no Diário Oficial da União reajusta de R$ 10.570 para R$ 11.520 o salário de profissionais do Programa Mais Médicos. O novo valor mensal da chamada bolsa-formação já considera a contribuição previdenciária e passa a valer a partir de janeiro de 2017.

“O valor da bolsa-formação será revisto anualmente, tendo como referência o mês de junho do exercício financeiro em curso, mediante indexação pelo incremento da inflação no Brasil nos 12 meses anteriores à data de cálculo da revisão, com efeitos financeiros a partir de janeiro do ano subsequente”, informou a publicação.

A notícia da Agência Brasil coloca como descrição do programa, o seguinte texto: o Mais Médicos foi criado pelo governo federal com o objetivo de melhorar o atendimento a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de levar mais médicos para regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais, a iniciativa prevê mais investimentos para construção, reforma e ampliação de unidades básicas de saúde, além da criação de novas vagas de graduação e residência médica para qualificar a formação desses profissionais.

Fonte: Agência Brasil


CNJ estabelece a criação de Comitês Estaduais de Saúde

Por meio da Resolução nº 238, do último dia 6 de setembro, o Conselho Nacional de Justiça estabeleceu a criação e manutenção de Comitês Estaduais de Saúde pelos Tribunais de Justiça e Regionais Federais, bem como a especialização de vara em comarcas com mais de uma vara de Fazenda Pública.

A iniciativa foi avaliada positivamente pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) e, segundo o presidente da entidade, Ronald Santos, a publicação é um avanço no âmbito dos conselhos de saúde nos estados. “É importante que o CNJ busque esse diálogo com o controle social, além de construir mecanismos para garantir o direito à saúde e isso passa pelo diálogo com os conselhos de saúde e a Resolução estrutura essa conversa”, disse.

Veja a Resolução nº 238, clicando aqui

Fonte: SUS Conecta


Qualificação das Operadoras: ANS divulga resultados

DISTRIBUIÇÃO DAS OPERADORAS MÉDICO-HOSPITALARES E EXCLUSIVAMENTE ODONTOLÓGICAS POR FAIXAS DO IDSS (ANO-BASE 2015)

Na última sexta-feira, 23 de setembro, a Agência Nacional de Saúde Suplementar divulgou os resultados do Programa de Qualificação das Operadoras que, anualmente, avalia o desempenho das operadoras de planos de saúde por meio do IDSS – Índice de Desempenho da Saúde Suplementar.

Baseado na análise de indicadores definidos a partir de dados enviados periodicamente pelas operadoras à ANS, o programa avaliou a atuação de 975 empresas, sendo 695 do segmento médico-hospitalar e 280 exclusivamente odontológicas, ao longo de 2015.

Com o Programa de Qualificação, o consumidor tem mais uma ferramenta para avaliar as operadoras de planos de saúde e subsidiar suas decisões no momento de contratar ou trocar de operadora. Pelo lado do mercado, trata-se de uma medida importante para a indução da melhoria de qualidade e de estímulo à concorrência”, avalia Martha Oliveira, diretora de Desenvolvimento Setorial da Agência.

Para conferir a divulgação completa, acesse aqui

Fonte: ANS


DIABETES

AHESP apoia a 19ª Campanha Nacional Gratuita em Diabetes

Para marcar o Dia Mundial e Nacional do Diabetes (14 de novembro), 180 países em todo mundo e 1.200 municípios brasileiros estarão realizando a 19ª Campanha Gratuita em Diabetes, de Prevenção das Complicações, Detecção, Orientação e Educação, sob a direção da International Diabetes Federation (IDF) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

No Brasil, a coordenação em todos os estados é da Federação Nacional das Associações e Entidades de Diabetes (FENAD) e, em São Paulo, a ANAD – Associação Nacional de Assistência ao Diabético promoverá o evento no dia 6 de novembro, no Colégio Madre Cabrini, tendo como público alvo os portadores de diabetes e grupos de risco, quando oferecerá 10 mil atendimentos gratuitos com testes de glicemia.

Outras ações previstas no local:

6 de novembro de 2016 – das 8 às 17 horas – Rua Madre Cabrini, 36 – Vila Mariana

Ajude a divulgar a Campanha Nacional de Diabetes, clicando aqui, fazendo download do cartaz e afixando em seu estabelecimento.


CURSOS

Hospital São Camilo oferece cursos gratuitos na área da Saúde

Nos próximos dias 8 e 20 de outubro, a Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo realizará, por meio do Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP), um simpósio e um curso voltados a profissionais da área e também estudantes.

O I Simpósio de Cuidados Paliativos apresentará o tema “Entender para cuidar melhor” e acontecerá no sábado, dia 8, tendo como objetivo a criação de um ambiente de reflexão, no qual profissionais de diferentes áreas e instituições de saúde possam discutir as melhores formas de trabalhar com pacientes e familiares em cuidados paliativos.

A inscrição é gratuita e pode ser feita até o preenchimento das vagas (80), pelo telefone (11) 3677.4503 e 3677.4405. O evento será realizado na Unidade Pompeia, Rua Tavares Bastos, 573, das 8 às 12 horas.

Já o I Curso de Comunicação de Má Notícia para Profissionais de Saúde do IEP será no dia 20, terça-feira, das 9 às 15 horas, é destinado a todos os profissionais, estudantes e acadêmicos da área e tem como objetivo sensibilizar e oferecer ferramentas para a abordagem do paciente e família em situações de comunicação de má notícia. Visando a aplicação prática do conhecimento adquirido, cenários comportamentais com simuladores e atores serão utilizados durante o dia.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 17 de outubro, têm valores de R$ 313,00 para profissionais da área e R$ 292,00 para estudantes e devem ser feitas via internet, em http://www.hospitalsaocamilosp.org.br/iep/agenda-de-eventos/evento?codigo=i-curso-de-comunicacao-de-ma-noticia-para-profissionais-de-saude


Ed. Anteriores