AtualAnteriores → Edição nº 74

INFORM@TIVO

 

EDITORIAL

 

PROGRAMAÇÃO DE EVENTOS AHESP 2014 TEM INÍCIO ESTE MÊS

No próximo dia 29, estaremos abrindo oficialmente a agenda de eventos promovidos pela Associação dos Hospitais do Estado de São Paulo para este ano e pretendemos, assim, dar continuidade a um dos objetivos de nossa entidade que é buscar continuamente padrões de serviços hospitalares de qualidade e, também, a racionalização dos custos do setor.

Neste sentido, selecionamos alguns temas relevantes para a rotina dos estabelecimentos de saúde e pretendemos promover atualização e reciclagem para os profissionais das diferentes áreas envolvidas, trazendo especialistas para compartilharem seus conhecimentos, proporcionando debates, trocas de experiências e a difusão de boas práticas.

Inicialmente, nossa agenda inclui dois seminários e cinco diferentes cursos, para os quais peço sua atenção e a divulgação junto aos setores pertinentes dentro de sua instituição, para que os interessados possam se programar e participar.

As programações completas de cada um dos eventos, assim como as inscrições, serão disponibilizadas em nosso site.

Eduardo de Oliveira
Presidente




EVENTO

 

I SEMINÁRIO AHESP DE SEGURANÇA PATRIMONIAL EM SERVIÇOS DE SAÚDE

Diante da atual conjuntura, todos os segmentos econômicos possuem uma preocupação quanto às questões de segurança, seja nos Processos Patrimoniais, nos Controles de Acessos e na Prevenção de Riscos. Obviamente, os estabelecimentos de saúde têm a mesma percepção, com um diferencial importante que é o início e o fim da saúde do ser humano.

Dentro disso, os processos sedimentados em outros segmentos não são os mesmos de um Hospital ou Clínica, tendo em vista que, na Gestão de Saúde, existe uma quantidade enorme de micro negócios – Equipamentos Tecnológicos de alto custo, Serviços de Alimentação, Lavanderia, Esterilização, Serviços de Diagnósticos etc. – que ensejam controles específicos face suas complexidades. Ademais, o processo de Recepção e Controles de Acessos é dinâmico, com o envolvimento de equipes multidisciplinares que são alvo constante de preocupação frente à imagem do atendimento médico e, primordialmente, à imagem do Hospital.

Assim, neste cenário, o objetivo do I Seminário de Segurança Patrimonial em Serviços de Saúde não é demonstrar como se faz segurança patrimonial e, sim, caracterizar a responsabilidade dos estabelecimentos de saúde em possuir um serviço que possa compartilhar as mesmas preocupações do Administrador Hospitalar, com envolvimento de todos nos aspectos de segurança.


Dov Smaletz
Para tanto, o evento trará as visões do Gestor de Segurança e do Administrador Hospitalar, com as apresentações dos convidados Dov Smaletz e Edison Ferreira da Silva, que serão seguidas de debate com os participantes. O primeiro, que é Gestor de Segurança Patrimonial do Hospital Albert Einstein, tem expertise de 27 anos nas áreas de Segurança Patrimonial e Análise de Riscos e o segundo, Chefe de Gabinete da Superintendência da Santa Casa de São Paulo e Conselheiro da AHESP, possui mais de 32 anos de atuação no segmento de prestação de serviços em saúde.


Edison F. da Silva
O evento é destinado aos próprios Administradores de Saúde, mas, em especial, àqueles que lidam com os Processos de Hotelaria, Serviço de Atendimento ao Cliente, Supervisores de Segurança e Controle de Acesso e Supervisores de Serviços de Apoio.

O I Seminário de Segurança Patrimonial em Serviços de Saúde acontecerá no próximo dia 29 de maio, das 8h30 às 13 horas, no Auditório da AHESP, é gratuito, com inscrições limitadas a dois participantes por instituição e tem o patrocínio de GR Segurança e Serviços.

Clique aqui, confira a programação e inscreva-se agora mesmo.




É NOTÍCIA - SETOR

 

EMPOSSADOS DOIS NOVOS DIRETORES DA ANS

O diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar, André Longo, deu posse, na última segunda-feira, dia 12, aos dois novos diretores: a advogada Simone Sanches Freire e o médico pediatra José Carlos de Souza Abrahão, na sede do Rio de Janeiro.

A advogada Simone Sanches Freire é servidora de carreira da Agência desde 2002 e há nove meses exerce o cargo de diretora-adjunta de Gestão. É graduada em Ciências Jurídicas pela Universidade São Francisco de São Paulo, pós-graduada em Direito Público pela Universidade Estácio de Sá e tem especialização em Regulação de Saúde Suplementar pela Fundação Getúlio Vargas, em parceria com a ANS e o Hospital Sírio Libanês. A sua relação com a Agência se deu em três etapas: primeiro como servidora temporária, depois analista administrativa e, por fim, como especialista em regulação.

José Carlos Abrahão já foi presidente da Confederação Nacional de Saúde e da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. Há cerca de 30 anos atua no mercado de saúde suplementar. Médico pediatra, com curso de especialização em Administração Hospitalar e MBA Executivo em Administração pela Coppead/UFRJ, já integrou o board da Internacional Hospital Federation.

Fonte: ANS


CONSELHOS DE MEDICINA FISCALIZARÃO UNIDADES DE SAÚDE PÚBLICAS E PRIVADAS

Entrou em vigor na última terça-feira, dia 13, a resolução do Conselho Federal de Medicina que prevê requisitos básicos que devem ser observados nos centros de atendimento públicos e privados, uma nova estratégia de uniformizar a fiscalização de unidades de saúde de todo país.

As exigências variam de acordo com o tipo de atendimento prestado e, entre as novas regras, está a necessidade da presença constante de médicos nos estabelecimentos onde pacientes recebem medicação, além de outros itens que já são exigidos, atualmente, pela Anvisa e pelo próprio Ministério da Saúde.

As unidades que não seguirem as especificações da nova regra terão um prazo para atender às exigências e, se assim não fizerem, o caso poderá ser levado para o Tribunal de Contas ou para o Ministério Público e, segundo o CFM, os integrantes do conselho têm prerrogativa de decretar a “interdição ética” da unidade.

Na primeira etapa, a fiscalização será feita por amostragem e as áreas prioritárias serão definidas nos próximos meses pelos conselhos regionais de medicina.

Fonte: O Estado de S. Paulo


NOVA RESOLUÇÃO AMPLIA TRATAMENTO PARA PACIENTES COM CÂNCER

Com a publicação da Resolução Normativa 349 da ANS, no último dia 12 de maio, as operadoras de planos de saúde estão obrigadas a fornecer oito grupos de medicamentos, de uso domiciliar, para controle dos efeitos colaterais e adjuvantes relacionados ao tratamento quimioterápico oral ou venoso aos pacientes com câncer, com as devidas diretrizes de utilização.

A determinação, de efeito imediato, regulamenta a Lei 12.880/2013, ou seja, completa a medida que entrou em vigor no último mês de janeiro, que inclui o tratamento de câncer com medicamentos via oral no rol de procedimentos da Agência Reguladora.

A distribuição, de acordo com a ANS, ficará a critério das operadoras, podendo ser centralizada e feita por ela, por meio de farmácia conveniada ou através de reembolso. Para o diretor-presidente André Longo, a medida é importante porque a terapia oral propicia maior conforto ao paciente e reduz os casos de internação para tratamento em clínicas ou hospitais.

Vale destacar que a Lei 12.880/2013 inclui entre as coberturas obrigatórias, além dos tratamentos antineoplásicos de uso oral, procedimentos radioterápicos para tratamento de câncer e hemoterapia, incluindo medicamentos para o controle de efeitos adversos relacionados ao tratamento e adjuvantes, ressaltando ainda o compromisso com a elaboração de protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas, revisados periodicamente e publicados pela ANS, após debate com as sociedades médicas de especialidades da área.




PRODUTOS & SERVIÇOS

 

HEARTBEAT FARÁ LANÇAMENTO MUNDIAL DE DISPOSITIVO INÉDITO


A empresa israelense estará lançando o primeiro dispositivo de nova geração, que permite medir parâmetros hemodinâmicos, associando mobilidade e baixo custo. O MediBeat é um aplicativo móvel para iOS e Android, que recebe dados de dispositivos de monitoramento já existentes, como oxímetros e monitores de pressão, registrando e analisando, em tempo real, pressão arterial, débito cardíaco, índice cardíaco, resistência vascular periférica e volume sistólico, de forma não invasiva.

Além de armazenar dados, os reproduz em gráficos, mostrando-os em smartphones e tablets e os enviando para endereços cadastrados, como os de médicos especialistas.




SINCRON APRESENTARÁ O SISTEMA DE CHAMADAS DE ENFERMAGEM WIRELESS


Há mais de 80 anos no mercado e com produtos 100% nacionais, a Sincron visa segurança e agilidade no atendimento para hospitais de todos os portes, clínicas e laboratórios, oferecendo otimização na comunicação entre profissionais de enfermagem, médicos, pacientes e administradores.

Reafirmando seu conceito de inovação, a empresa apresentará o sistema de Chamadas de Enfermagem Wireless, um produto com design exclusivo que segue as novas tendências do mercado.




VENTILADOR PULMONAR SERVO U SERÁ LANÇADO PELA MAQUET


Vários lançamentos foram preparados para a edição 2014 da Hospitalar pela Maquet e Grupo Getinge, empresas da área de tecnologia médica para Centros Cirúrgicos e Unidades de Terapia Intensiva.

Entre eles, um equipamento inovador no mercado de ventilação mecânica: o Ventilador Pulmonar Servo U. Segundo elas, o equipamento é mais acessível, compreensível e de fácil implementação.



Ed. Anteriores